domingo, 26 de outubro de 2008

Passeio de 25-10-08

Viva malta do BTT! Num dia quase de verão, 8 TB participaram em mais um passeio pelos trilhos da nossa querida terra.
Passeio que baptizamos de "Passeio do adeus ao VERÃ0".
Com alguns furos e algumas avarias logo de inicio, lá fomos pedalando numa toada mais calma devido a alguns elementos(sempre bem vindos) estarem com pouco ritmo. Tivemos desta, a presença especial do nosso amigo Ricardo specialized que já não víamos a algum tempo. Com passagens por Maciera de Sarnes, Nogueira do Cravo, Cesar, Carregosa (centro hípico), mira das sete cidades, pedreira de Ossela, covo e Bustelo, fomos alternando por trilhos e caminhos novos ainda pouco explorados.
Espero que as fotos do repórter de serviço Tózé tenham ficado bem!
A todos cumprimentos e até sábado se Deus quiser e o tempo também.
Grifo


terça-feira, 14 de outubro de 2008

Para recordar.......



Lembram-se?
Quem é que não teve uma destas?
Grandes maquinas...

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Jantar dos TerraBatida...!

Obrigado AMIGOS!
Neste momento difícil da minha vida, esta vossa demonstração de carinho foi uma autentica barra energética seguida de uma sempre bem vinda dose de "FF" que muito ajuda quando as forças estão em baixo.....
Obrigado AMIGOS,
Cagui!

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Comparação de surfistas com betetistas…:)

"Em relação ao surf (que não sou praticante) posso dar um exemplo:
O surfista é um indivíduo estereotipado. Ou seja, pode-se dizer "aquele gajo tem pinta de surfista".
Exemplificando:O surfista: Indivíduo normalmente jovem, com cabelo seco pelo sal da água e com um amarelado estranho derivado ao sol e ao mar (e a cera das pranchas), pele queimada, corpo magro e definido... tem a mania que é vegetariano, adora um deus qualquer havaiano e tem dificuldade em articular palavras com mais de duas sílabas, ficando-se pelo "YA", "YO", "Tá-se", "Cool", "woow"... Normalmente as miúdas olham para esse individuo e automaticamente o reconhecem como surfista, actor dos "Morangos", ou ambos...

O betetista (XC): Indivíduo com mais de 25 anos, queimado do pescoço para cima, do meio dos braços até aos pulsos e do meio das pernas até aos tornozelos, apresentando o tronco as mãos e os pés de um branco quase Neoblanc. Normalmente na época da praia atrai uns olhares curiosos e divertidos e as saídas à noite com uma rapariga costuma acabar com ela às gargalhadas no momento em que ele despe a camisa. Apresenta normalmente um cabelo oleoso chegando a ser pastoso em virtude das longas horas consecutivas que passa com um pedaço de esferovite atado à cabeça. Apresenta um físico magro e esguio, chegando a ter um ar miserável de quem não come há vários dias. Os braços e as pernas apresentam-se cobertos de arranhões e cicatrizes em virtude dos ramos e das quedas consecutivas... e cada cicatriz tem uma historia que demora pelo menos 35 minutos a contar e que invariavelmente acaba desta forma "... e quando acordei estava no hospital e perguntei: Onde está a minha bicicleta???" Nas lojas de desporto costuma ser a única pessoa que não está a ver os ténis e as bolas mas que está na zona onde estão os calções de lycra e as camisolas do mesmo material nas mais diversas cores (de preferência fluorescentes). Normalmente as miúdas olham para esse indivíduo e automaticamente o reconhecem como servente das obras, toxicodependente, ou ambos...


O betetista (DH): Ver descrição do surfista, mas com capacete integral...."

Abraços
VSantos(blog abrasar)